um-exclusivoAbriu mais uma época do Skrei. Um tesouro único e exclusivo do Mar da Noruega, um Bacalhau fresco de excelência, capturado durante a desova, num acontecimento conhecido como o Milagre do Skrei. De Janeiro a Abril, o Skrei migra contra as fortes correntes das águas frias e cristalinas do Mar de Barents, percorrendo milhares de quilómetros até chegar às zonas costeiras da Noruega, principalmente à zona das Ilhas Lofoten onde é capturado em quantidades limitadas e muito controladas. É esta migração que o torna mais musculado e mais carnudo que o bacalhau convencional, o que resulta numa textura mais firme e rica.

jornadadoskreitituloUma viagem guiada pela frescura e pela protecção das características que tornam o Skrei tão especial. Depois de capturado, o Skrei é limpo ainda a bordo e guardado em cubas com água do mar, de modo a que a sua carne fique sempre extremamente branca. Menos de 12 horas depois é examinado, catalogado e embalado, seguindo para os consumidores em refrigeração controlada entre 0 e 4 °C. Chegado aos restaurantes, este bacalhau fresco no seu melhor torna-se no grande desafio dos Chefs que, para manterem a sua frescura, o devem servir de imediato aos seus clientes, para que estes se possam deliciar com a textura fina das suas lascas brancas e suculentas. Embalado em  menos de 12h após a captura.

selotitulo

A denominação de origem deste bacalhau diferente dos outros é garantida pelo selo oficial que todos os Skrei devem apresentar na sua primeira barbatana dorsal. Só os exportadores registados na Norge, Conselho Noruegês das Pescas, certificam a autenticidade do Skrei, garantindo todas as suas qualidades que tornam este peixe exepcional tão apreciado e procurado.

Qual o significado do Skrei?

O nome Skrei é uma palavra em Norueguês antigo. Tem origem no verbo “at skrida” e pode ser traduzido como:  andar, correr ou caminhar.